05/10/2022
Créditos da imagem: Agência Brasília/Arte: Codhab-DF
Programa habitacional entrega 70 apartamentos no Sol Nascente

Brasília, 30 de setembro de 2022 – O desejo de ter um imóvel próprio ocupa os pensamentos de Fábia Borges há mais de uma década. Aos 47 anos, a professora divide uma casa no Setor O de Ceilândia com três irmãos. E, apesar de gostar da família unida sob o mesmo teto, já vinha sonhando em ter um cantinho só seu há tempos.

 

“A gente fica com vontade de decorar a casa do nosso jeito, de ter mais privacidade… Mas os valores dos imóveis, em especial das entradas, sempre me impediram de dar esse passo”, comenta Fábia. “Agora, posso dizer com orgulho que sou dona do meu apartamento.”

 

A professora é uma das 70 pessoas que receberam, nesta sexta-feira (30), as chaves dos primeiros apartamentos do Residencial Horizonte. Localizado no Sol Nascente, o empreendimento faz parte do programa habitacional Morar Bem, executado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab).

 

O complexo habitacional tem estacionamento rotativo, área para comércio no térreo e 420 unidades de dois e três quartos com sala, cozinha e banheiro. O tamanho de cada imóvel varia entre 56,69 m² e 68,36 m². Ao todo, o residencial gerou aproximadamente 600 empregos diretos e indiretos, um investimento de R$ 55 milhões.

 

“Chegar em casa e poder dizer ‘isso aqui é meu, estou debaixo do meu próprio teto’… Não tem nada melhor do que isso”, garante o secretário de Governo, José Humberto Pires, presente na cerimônia de entrega das chaves. “E ao alcance de qualquer cidadão que ainda não tenha imóvel próprio.”

 

Com 15 projetos diferentes no Distrito Federal, o Morar Bem está presente em seis regiões administrativas: Itapoã, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Samambaia, São Sebastião e Sol Nascente/Pôr do Sol. De 2019 até 2021, 3.648 cidadãos foram beneficiados pelo programa – só no Sol Nascente, o número de moradias entregues chegou a 308, sem contar com as unidades do Residencial Horizonte.

 

O presidente da Codhab, João Monteiro Neto, ressalta o grande impacto dos programas habitacionais na vida da população. “É a realização de um sonho para centenas de famílias”, afirma. “Vamos seguir trabalhando para beneficiar cada vez mais pessoas: temos a expectativa de entregar 80 mil imóveis nos próximos quatro anos.”

 

Para o secretário executivo de Cidades, Valmir Lemos, tão importante quanto oferecer moradias dignas a preços mais baixos é garantir a infraestrutura em torno delas. “Por isso, trabalhamos para garantir equipamentos públicos que tragam mais qualidade de vida aos moradores”, observa. “O Residencial Horizonte, por exemplo, terá perto de si um restaurante comunitário e um terminal rodoviário.”


 

Carolina Caraballo, da Agência Brasília | Edição: Rosualdo Rodrigues

 

Autor: Agência Brasília